Amor Próprio

Os dias vão se passando e aos poucos a poeira baixa. Enxergar fica mais fácil e começamos a perceber nosso amadurecimento. Passamos a fazer questão de nos afastar daquilo que possa vir ofuscar nossa vida novamente e começamos a permitir olhar para novos horizontes. Como é bom usar as lentes do amor próprio. Com elas, cada olhar novo e cada piscada de autoestima nos faz ver a tal chamada FELICIDADE! – Bárbara Pontello

Comments

comments